Notícias

Voltar

Pagamentos por aproximação NFC / MST

O “Pagamento por Aproximação” é mais uma opção para realizar uma transação TEF utilizando o SiTef, através dele é permitido que o pagamento seja efetuado aproximando um dispositivo de pagamento no Pin pad. Para isso utiliza-se as tecnologias NFC (Near Field Communication) e MST (Magnetic Secure Transmission).

 

Dispositivo de pagamento por aproximação

Exemplo de dispositivos de pagamentos disponíveis são o Celular, Relógio, Cartão, Pulseira, Anel, Etiquetas.
O celular (Smartphone)  poderá fazer uso da Carteira Digital, entre elas temos a Apple Pay, Google Pay, Samsung Pay, carteiras que já são aceitas por algumas adquirentes.
No Brasil alguns cartões com chip já são emitidos com a tecnologia do NFC sendo que a previsão é que todos os Cartões da bandeira Visa emitidos a partir de outubro/2018 e os da bandeira Mastercard emitidos a partir de março/2019 tenham suporte a esta tecnologia.
 

Diferença entre NFC e MST 

  • NFC (Near Field Communication / Comunicação de Campo Próximo) é um serviço de comunicação sem fio entre dois dispositivos eletrônicos compatíveis que estejam a poucos centímetros de distância, de forma extremamente rápida e segura.

É necessária a atualização do pinpad para um modelo compatível com NFC.
Algumas transações podem não solicitar senha e/ou assinatura, depende dos critérios do cartão, adquirente e pinpad.
No NFC a leitura é feita colocando-se o dispositivo em cima do pinpad, próximo ao display.
Android Pay, Apple Pay e Samsung Pay são alguns aplicativos disponíveis para realizar essa operaçãoos smartphones mais recentes já vêm com esse recurso instalado.
 

  • MST (Magnetic Secure Transmission / Transmissão Magnética Segura) envia um sinal magnético de um dispositivo compatível para o leitor de cartão do terminal de pagamento para emular a passagem de um cartão de pagamento físico. Por ser uma emulação, a transação é realizada como se fosse uma transação cujo cartão foi lido através da tarja magnética e não se faz necessária a atualização do pinpad.

Como as transações são identificadas como leitura de tarja o fluxo irá seguir o mesmo requerendo senha e/ou assinatura, últimos 4 dígitos, etc...

No MST a leitura é feita colocando-se o dispositivo na lateral do pinpad, próximo ao leitor de trilha.

Samsung Pay é uma solução de pagamentos móveis que adota essa tecnologia.

 

O quê precisamos configurar no Sitef para utilizar esse novo meio de pagamento?

 
Para habilitar o MST não são necessárias atualizações, pois como dito acima, a transação funcionará como um cartão magnético.
Para habilitar o NFC, temos alguns pré-requisitos e procedimentos para configuração, segue abaixo:
As únicas adquirentes a transacionarem por NFC nesse momento são CieloGetnetLac e Rede. E para utilizarmos o meio de pagamento por NFC, é necessário atentar-se aos pré-requisitos abaixo:

Configuração MultiBandeira


Além dos pré-requisitos acima, é necessária uma configuração no Configurador Multibandeiras.
Obs: Para o NFC temos uma limitação de AID’s que são enviados ao PinPad, ou seja, uma bandeira deve ser sempre roteada para o mesmo Adquirente.
 
Entrar em Iniciar > Programas > SiTef Menu Principal > Configurador MultiBandeiras. Definir qual será o Autorizador para cada bandeira, clicar em Configuração > Salvar.
Em seguida, é necessário clicar em Configuração > Regravar todas (Obrigatório realizar esse procedimento).

 

Uso de Token
 

As carteiras digitais não utilizarão o mesmo número de cartão gravado no Chip ou na tarja magnética, são utilizados Tokens, números de cartões diferentes inclusive em relação aos bins. Caso utilize o Configurador de Bandeiras do SiTef ou se a automação tenha algum tratamento especifico para alguns bins é importante a inclusão destes Tokens em sua rotina.

Versões AtualizadasAbaixo estão os links dos módulos e interfaces atualizados.